Causas da Fibromialgia (informe publicitário)

leme-instituto-terapeutico

Por Leme Instituto Terapêutico
Atendimento Terapêutico:

Gláucia Herte de Moraes.
Endereço de correspondência: Rua Dr. Flores, 105/207, Centro, Porto Alegre-RS
Contato: 51 9673-8375


 

A visão mais atual da ciência

Queremos enfatizar que existem dezenas de provas científicas que comprovam que as causas da Fibromialgia não têm relação alguma com problemas psicológicos ou emocionais. A Fibromialgia tem como causa a permanência de lesões no corpo em certos indivíduos que passaram por diversos traumatismos físicos. Que sem estes traumatismos não é possível alguém ter Fibromialgia apenas por portar ou passar por problemas psicoemocionais.

Portanto, os cientistas mais atualizados já comprovaram que as causas da Fibromialgia são conhecidas e o Instituto Leme tem também comprovado isso. Em todos os casos tratados com a Lemeterapia constatou-se que a Fibromialgia foi provocada por lesões musculares sofridas durante a vida do indivíduo, as quais, por motivos ainda não conhecidos, não responderam aos tratamentos convencionais utilizados (medicamentos, fisioterapias, exercícios, acupuntura, etc.). Sendo assim, tais lesões foram se acumulando no corpo até chegar ao quadro de lesões generalizadas que a medicina denomina então de Fibromialgia. Ou seja, por algum motivo, que a ciência ainda desconhece, alguns indivíduos não se recuperam espontaneamente ou através dos tratamentos convencionais de suas lesões musculares causadas por esforço exagerado e/ou acidentes das mais variadas intensidades e assim se tornam fibromiálgicos.

Em outras palavras, no decorrer da vida, todos nós, desde a mais tenra idade ou bem mais tarde, com 50 ou mais anos, não importa, poderemos ir sofrendo lesões musculares por esforço exagerado, quedas, acidentes dos mais variados, etc. Aproximadamente 4% das pessoas não têm a mesma capacidade de recuperação destas lesões, como tem a maioria da população, com isso, elas vão acumulando pontos de dor ou lesões até que num certo momento as dores praticamente se generalizam por todo o corpo. Quando isso ocorre a medicina denomina como sendo casos da Síndrome de Fibromialgia. Portanto, todos nós sofremos lesões, mas estes 4% da população não conseguem se recuperar com os tratamentos convencionais e acabam por se tornar fibromiálgicos.

Estas seriam então as causas da Fibromialgia, as quais o Leme Instituto Terapêutico, tem evidenciado a cada novo caso tratado.

O Leme Instituto Terapêutico é hoje referência em terapêutica de casos de Fibromialgia e também dos principais (REA) Reumatismos Extra-articulares e Neuropatias Mio-compressivas de origem não infecciosa que acometem os seres humanos, tais como: tendinites, bursites, epicondilites, sub-luxações na coluna vertebral, mialgias (dores musculares). Entre essas últimas, podemos citar a ciatalgia (dores ciáticas), lombalgia (dores lombares), cervicalgia (dores na cervical – pescoço), dorsalgia (dor nas costas) e as dores musculares em todas as outras áreas do corpo.

Fundado em 1996 e dirigido pelos terapeutas corporais F. Lélio Leme Jr. e Helen Lima Leme, este instituto tem oferecido nestes últimos anos atendimento terapêutico com níveis de excelência através de uma terapia inovadora e muito eficaz para estes casos citados, a qual foi por eles desenvolvida, desde 1997/98, denominada Lemeterapia®.

O Leme Instituto Terapêutico, através de seus diretores, acumula atualmente (2015) uma experiência no atendimento de mais de 12.000 clientes aqui e nos EUA e perto de 38.000 sessões de atendimento, além de alcançar índices de resultados acima das expectativas dos fibromiálgicos.

A Lemeterapia® tem sido difundida desde 2008 por todo o Brasil e na Europa (Espanha), através de profissionais da saúde que são treinados pelos autores da técnica.

Portanto, hoje, o Leme Instituto está muito bem preparado para continuar a desenvolver, pesquisar, aplicar e difundir a Lemeterapia® através de profissionais treinados e licenciados.

O Instituto tem tido a grata satisfação de presenciar, em cada novo caso tratado, a transformação de seres fragilizados, dependentes e infelizes, em seres humanos renovados, aptos, independentes e felizes.

Com a Lemeterapia tratamos as áreas lesionadas de forma adequada e o quadro generalizado de dores não será mais sentido, fazendo com que o fibromiálgico volte a ter uma vida normal, sem necessidade de mais nenhuma medicação para tratar a Fibromialgia. Esporadicamente poderá precisar de sessões de manutenção, com a frequência média de duas sessões a cada dois anos.


Publicado em 29 de Janeiro de 2016

FONTE:

leme-instituto-terapeutico

Próximo Artigo…
Voltar ao menu Home
Compartilhe Saúde! Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on PinterestEmail this to someonePrint this page

About the author: Jornal CS

Leave a Reply

Your email address will not be published.