Pense em um alimento que sacia com poucas calorias. E ainda ajuda você a ganhar músculos e a turbinar o organismo com vitaminas e minerais essenciais.

  “Deixe que o alimento seja seu remédio e que seu remédio seja seu alimento” Hipócrates, pai da Medicina já dizia isso 400 anos antes de Cristo.

O caminho da cura está na prevenção e não no tratamento de sintomas, é importante conhecer os alimentos e suas funções na prevenção de doenças.
O ovo é considerado hoje, por diversos especialistas no mundo, como o segundo melhor alimento do planeta.
Tudo que é necessário para que haja vida está contido no Ovo.
 Por isso está em segundo lugar como melhor alimento para o corpo humano.
O primeiro é o Leite Materno, em terceiro vem o Coco.
Os componentes do Ovo incluem:
Ácidos Graxos Saturados;
Ácidos Graxos Insaturados;
20 Aminoácidos;
14 Minerais;
12 Vitaminas Carotenoides;
Folato;
Vitaminas B12, A, D, E, K;
Aminoácidos/Proteínas (20% das proteínas que necessitamos diariamente estão em 1 Ovo);
Fosfatidilcolina (também conhecida como Lecitina);
Carotenoides Luteína e Zeaxantina (estas substâncias diminuem a incidência de doenças cardiovasculares, diminuem degeneração muscular nos olhos, e previnem catarata e retinose pigmentar, ou seja, prevenindo doenças oftálmicas degenerativas).
Sabe-se, hoje, que a quantidade de colesterol consumida na alimentação influencia muito pouco as taxas de gordura no sangue. A concentração de gorduras totais no ovo é cerca de 5 gramas, sendo apenas 1,5 grama do tipo saturada ou seja, é um alimento que pode (e merece) ser consumido com frequência.
  Esse alimento ajuda na perda de peso, de acordo com uma pesquisa do Departamento de Obesidade do Centro de Pesquisa Biomédico da Universidade Pennington, em Louisiana, nos Estados Unidos. Mérito da proteína de boa qualidade, formada por aminoácidos essenciais (aqueles que não são produzidos pelo organismo), a proteína do ovo sacia com mais facilidade e ainda torna a digestão mais lenta, atrasando a sensação de fome.
 Experimente incluir o ovo no café da manhã. Há provas de que, consumido nesse horário, ele deixa você menos voraz ao longo do dia, contribuindo para reduzir o total diário de calorias. Comer um ovo no final da tarde ajuda a driblar a vontade de doce, comum nesse horário e é uma troca vantajosa para quem quer emagrecer, já que a unidade (clara e gema) tem 70 calorias, em média e você chega no jantar com menos fome.
O ovo é considerado uma proteína completa de alto valor biológico, pois possui um teor de aminoácidos equilibrado, sendo considerada uma das melhores fontes proteicas da nossa alimentação.
Deve ser ingerido por completo, não devemos comer apenas uma parte ou outra.
Existem aminoácidos que nosso corpo não pode produzir, mas é essencial estar presente na nossa dieta em quantidades equilibradas, pois elas desempenham diversas funções importantes no nosso corpo.
Um ovo possui diversos nutrientes essenciais em quantidades variadas, incluindo proteínas de alto valor biológico, além de colina, ácido fólico, ferro e zinco.

Alimento para o cérebro

O ovo não é rico apenas em proteína. A gema concentra uma boa dose de colina, integrante do complexo B que, por contribuir para a formação de novos neurônios, é considerado valioso para a saúde do cérebro.  Estudos relacionam o consumo adequado de colina (126 miligramas por dia, quantidade encontrada em uma gema) a um menor risco de doenças degenerativas como Parkinson e Alzheimer.
As substâncias antioxidantes, como as vitaminas A, D, E e K, selênio, magnésio, zinco, ferro, cálcio e manganês dão ao ovo o poder de combater o envelhecimento precoce das células, afastando o aparecimento de rugas, além de reduzir o risco de doenças crônicas como hipertensão.

Bom para os músculos

O ovo é excelente para manter o corpo firme. Ele ajuda tanto no crescimento quanto na manutenção dos músculos. Benefícios promovidos especialmente pela ação da leucina – aminoácido que compõe a proteína da clara. Esse ingrediente é muito usado nos suplementos nutricionais para o ganho de músculos. Por isso a clara é a preferida de atletas e praticantes de musculação. Para emagrecer sem flacidez adotam a clara com mais frequência que a gema. Mesmo porque a clara tem apenas 15 calorias e não carrega gordura nem colesterol.
O ovo é rico em colesterol, com cerca de 200mg de colesterol, a quantidade diária que é recomendada.
Hoje se sabe que o colesterol da dieta não é o responsável pelo aumento do colesterol no sangue, e sim os CARBOIDRATOS, que aumentam a produção de colesterol pelo organismo.
Um ovo apresenta, apenas, 37,4% de gordura saturada e, além disso, a colina (presente em sua composição) atua também no controle da produção do colesterol.
Contudo, se você já tem colesterol alto, é conveniente consultar com um bom nutricionista funcional ou médico que entenda de Nutrologia para saber quantos ovos estariam liberados na semana. A clara do ovo é pura proteína (albumina). Já a gema do ovo concentra vitaminas, minerais e gorduras boas, por isso, devemos consumir o ovo como um todo.
Muitos não consomem a gema por conta da gordura, já que a clara não contém gordura, mas como vimos, a gema tem muitos nutrientes também.
Então, não descarte a gema: é ela que concentra a maior parte das vitaminas e dos minerais. Ou seja, é a união das duas partes (clara e gema) que faz do ovo um alimento tão especial. Mais bons motivos para você consumir ovo: é barato e versátil – rende muitas receitas diferentes e gostosas.
Por ser fonte de proteínas, o ovo pode auxiliar em dietas de atletas e praticantes de atividades físicas para o ganho de massa muscular. Além disso, o ovo auxilia no bom funcionamento do cérebro e da saúde ocular.
 A cor da casca não tem grande influência no valor nutritivo. O que pode interferir nisso é a dieta da galinha: quanto melhor ela se alimentar, mais nutritivo será o ovo. Os ovos caipiras também podem ser brancos ou vermelhos.
Ovo de codorna tem cerca de 177 calorias/100g – 12,7/g de gordura e 568mg de colesterol, Em comparação com o ovo de galinha com cerca de 143 calorias/100g – 8,9g de gordura e 356mg de colesterol.O ovo nutre verdadeiramente o corpo!

Qual a melhor maneira de consumir o ovo? 

Cozido, poché, omelete e ovos mexidos estes com pouca gordura. Há várias  formas! Mas a melhor maneira é consumi-lo cozido em água ou poché, para preservar todos os nutrientes. Evite fritá-lo! Quando fritamos o ovo, podemos ter alguma desnaturação proteica e aumento de gorduras, que podem até ser benéficas, como no caso da manteiga, óleo de coco ou banha de porco criado solto sem processamento da gordura.
O ovo caipira contém uma concentração de betacaroteno muito maior (cerca de cinco vezes mais), devido à diferença no sistema de alimentação das galinhas poedeiras. Mas, dependendo da alimentação da galinha, o ovo pode conter mais ômega 3, entre outros nutrientes. O ovo branco e o ovo vermelho são iguais nutricionalmente, a diferença está na linhagem das galinhas. A raça da galinha é que influenciará na cor da casca do ovo. As galinhas brancas botam ovos brancos e as coloridas botam ovos marrons, avermelhados, podendo até ser azulados.

Na hora da compra, é importante verificar a data de validade e o selo oficial de inspeção estampados nas embalagens. Fique de olho também no aspecto da casca e adote cuidados no armazenamento e preparo.
· A casca deve estar limpa e sem trincas ou rachaduras.
· Em casa, guarde os ovos na geladeira, mas evite a porta. Apesar de muita gente guardá-los nessa parte, não é o lugar mais indicado. Os movimentos de abre e fecha da porta podem quebrá-los. Coloque-os mais no fundo da geladeira e dentro de um recipiente que impeça o contato com os demais alimentos.
· Não lave antes de levá-los à geladeira. A umidade na casca pode favorecer a entrada de microrganismos. Lave e seque-os com papel toalha na hora de usar.
· Para evitar que a casca quebre no cozimento, ponha uma colher de sopa de vinagre na água. Se você gosta do ovo molinho, deixe-o na água fervente por três minutos após levantar fervura. Ou sete minutos se quiser ele durinho.
Em resumo, o Ovo deveria fazer parte da dieta de todas as pessoas diariamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *